Tá solta! Crítica de “A Bruxa”
   Canal  Bang  │     17 de março de 2016   │     12:26  │  0

A Bruxa de Blair não poderia estar mais orgulhosa já que outro grande sucesso do cinema de terror envolve bruxaria e ocultismo.

bruxa_11-750x380

A Bruxa em inglês (The Witch), filme este que teve sua estreia no Brasil dia 03/03 resgata o gênero terror, e tem dado muito o que falar. A crítica divide-se, mas, em sua maioria bate palmas nostálgicas para este que é tido como o mais novo sucesso do gênero terror no universo cinematográfico de 2016, remetendo aos filmes no qual sustos não são as principais atrações, mas sim a boa atuação misturada com um roteiro interessante, claro e que não deixa de lado o clima tenso e característico que paira no ar.

O longa conta a história de uma família camponesa que vive em uma comunidade rural na Nova Inglaterra no ano de 1630. Logo de inicio vemos a família de William (Ralph Ineson) e Katherine (Kate Dickie), por motivo de crenças religiosas, serem expulsos da comunidade no qual vivem, tendo assim que partir com seus 5 filhos para uma fazenda isolada que tem em sua volta uma floresta densa. A prole são: Thomasin a mais moça (Anya Taylor-Joy), o jovem Caleb (Harvey Scrimshaw), o pequenino Samuel, o bebê que aparece nos trailers, e os gêmeos Jonas (Lucas Dawson) e Mercy (Elli Grainger).

A grande trama se desenrola em volta do rapto do pequeno Samuel que deixa toda a família em dúvidas de quem é o sequestrador, o clima fica tenso e a desconfiança paira entre os membros da família, criando um clima tão denso que é quase possível cortá-lo no ar com uma faca. Esta estreia do diretor Robert Eggers foi exibida no Festival de Sundance 2015 e rendeu a ele o prêmio de melhor diretor de filme dramático americano. Eggers deixa sua marca e conquista a crítica deixando-a apreensiva por seu próximo trabalho.

O conjunto que o filme A Bruxa traz entre boas atuações, roteiro bem escrito, direção atenciosa e uma ambientação incrível faz deste filme um dos melhores do gênero de terror dos últimos tempos e merecendo nada mais e nada menos que nota 8 na escala Bang de qualidade. Não percam este filme que traz uma excelente obra dos filmes de terror para os cinemas! Indicação do Bang. Ficou com gostinho? Então convido você a apagar as luzes e no silêncio mais profundo de seu lar assistir ao trailer abaixo:

 

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *