Tag Archives: John Williams

Jurassic Park | O fenômeno da franquia
   Canal  Bang  │     7 de junho de 2018   │     18:53  │  0

O grande fenômeno noventista, Jurassic Park, continua surpreendendo a todos até os dias atuais. A franquia que inspirou muitos jovens cientistas e criou uma legião de fãs, continua dando frutos com mais um filme saindo do forno nesta próxima semana. Então desliga a TV, prepare aquele café e relaxa por aqui pois o Canal Bang preparou um conteúdo incrível para você se ligar nos detalhes deste clássico incrível.

Jurassic Park – O Parque dos Dinossauros (1993):

Jurassic Park é um filme de ficção científica e aventura, dirigido por Steven Spielberg e baseado no livro homônimo escrito por Michael Crichton. É estrelado por Sam Neill, Laura Dern, Jeff Goldblum, Richard Attenborough, Ariana Richards, Joseph Mazzello, Samuel L. Jackson e Bob Peck. O filme é centrado na fictícia Ilha Nublar, onde um filantropo bilionário e uma pequena equipe de geneticistas criam um parque temático. As principais atrações são as variadas espécies de dinossauros recriados através da engenharia genética. Antes mesmo do livro de Crichton ser publicado, muitos estúdios tentaram adquirir os direitos de imagem. Spielberg, juntamente com a Universal Studios, adquiriu-os por US$ 1.500.000 antes da publicação do livro em 1990. Crichton recebeu um adicional de US$ 500.000 para adaptar o romance para as telas. David Koepp escreveu o roteiro final, que deixou de fora grande parte da exposição do romance e violência e fez numerosas mudanças nos personagens. As filmagens ocorreram na Califórnia e no Havaí. O filme foi aclamado como um marco na indústria de efeitos especiais, que no longa, ficou sob responsabilidade da Industrial Light & Magic, com efeitos criados através de computação gráfica, e pela Stan Winston Studios, com efeitos produzidos através de animatrônica. A reconstituição virtual dos dinossauros, para que “contracenassem” com os atores, levou a um estrondoso sucesso de bilheteria, o que apenas confirmou o fascínio que essas criaturas extintas exercem sobre a imaginação das pessoas. Jurassic Park recebeu críticas altamente positivas, apesar de ressalvas à falta de desenvolvimento da história e dos personagens. Arrecadou mais de 900 milhões de dólares em todo o mundo, tornando-se o filme de maior sucesso lançado até então, sendo ultrapassado somente, quatro anos depois, por Titanic, tornando-se, atualmente, a décima sétima maior bilheteria de todos os tempos. A adaptação venceu três Oscars, sendo eles o de melhor som, melhor edição de som e melhores efeitos especiais. O filme originou três sequências:  The Lost World: Jurassic Park, Jurassic Park III e Jurassic World, sendo as duas primeiras lançadas em 1997 e 2001 respectivamente, e a terceira em 2015. Jurassic Park foi relançado em 3D nos cinemas em abril de 2013 e neste relançamento arrecadou mais de 40 milhões de dólares nos Estados Unidos e mais de 50 milhões na China. Com seu relançamento, Jurassic Park se tornou o primeiro filme da Universal Pictures e, também, de Steven Spielberg a ultrapassar a marca de US$ 1 bilhão de arrecadação nos cinemas mundiais. A trilha sonora do filme é considerada uma das obras-primas mais impressionantes composta John Williams. Com Jurassic Park, Williams teve a oportunidade de combinar cada um de seus estilos de composição predominantes nos anos 90 em uma única trilha sonora. E nesse processo, ele conseguiu criar um material com um núcleo magicamente coesivo e que é extremamente poderoso no filme. Em seguida, a direção musical de suas composições ficou a cargo de John Neufeld e Alexander Courage, sendo gravada na Sony Scoring Stage, em Culver City, California. A gravação foi supervisionada por George Lucas e é composta por 16 músicas.

Diferenças entre o livro e o filme:

Existem algumas diferenças substanciais entre o livro e o filme. Algumas das mais notáveis ​​são a eliminação de alguns personagens, a modificação de outros e a alteração da cronologia. A relação entre Alan Grant e Ellie Sattler no livro era puramente profissional, enquanto que no filme estão envolvidos romanticamente. No filme, Alan Grant mostra-se como alguém intolerante e sem paciência com crianças. Por outro lado, no romance ele tem uma grande simpatia por crianças, devido a curiosidade delas por dinossauros e paleontologia. Além disso, é apresentado como um homem maduro, de barba, camisa havaiana e bermuda. O personagem de John Hammond era completamente diferente no livro. No final da trama é morto por um grupo de pequenos dinossauros, enquanto tenta escalar uma colina com um tornozelo quebrado, tendo em mente planos para reconstruir o parque em outro local, para irritação de seus convidados e netos. Também se mostra um personagem sem escrúpulos, capaz de fazer qualquer coisa para lucrar mais, um velho lunático e chato. No filme, Hammond escapou completamente ileso, humilhado e aterrorizado pelas monstruosidades que ele criou, além de ter uma personalidade agradável. No romance, Lex Murphy é mais nova que Tim, e ele é o único que está obcecado com os computadores e os dinossauros. No filme, Tim é o mais novo dos dois e a personalidade hacker de computador é retratada em Lex. Muldoon, responsável pela segurança do parque, é mostrado no filme como um homem frio e dedicado ao seu trabalho, morrendo ao tentar proteger Ellie dos raptores. No livro é descrito como um alcooólatra, permanecendo embriagado durante parte da história e com uma personalidade mais humana. Sobrevive à catástrofe e deixa a ilha junto com os outros personagens que conseguiram escapar. Entretanto, existem referências do romance no segundo filme da franquia, The Lost World: Jurassic Park, como a cena inicial do filme, onde uma família está numa praia deserta e a filha do casal é atacada por um “lagarto”, sendo um dos breves capítulos iniciais do livro. Inclusive há uma fala similar entre o casal: “E se houver cobras?” “Oh, pelo amor de Deus. As cobras não chegam perto de uma praia.”

The Lost World – Jurassic Park (1997):

O Mundo Perdido: Jurassic Park foi a primeira continuação lançada em 1997 e também foi dirigido por Steven Spielberg. O filme foi produzido por Gerald R. Molen e Colin Wilson. O roteiro foi escrito por David Koepp, baseado no romance The Lost World, de Michael Crichton. O filme é estrelado por Jeff Goldblum, Julianne Moore, Vince Vaughn, Pete Postlethwaite, Richard Schiff, Arliss Howard, Thomas F. Duffy, Vanessa Lee Chester e Richard Attenborough. Depois do lançamento do primeiro livro e do enorme sucesso do primeiro filme, Crichton foi pressionado não somente pelos fãs, mas por Spielberg, para que escrevesse uma sequência. Depois da publicação do romance “The Lost World” em 1995, a produção da adaptação teve seu início. Apesar de receber críticas medianas, The Lost World: Jurassic Park foi um sucesso de bilheteria, arrecadando US$ 618 milhões mundialmente com um orçamento de US$ 73 Milhões. O elenco principal do primeiro filme é divido em suas sequências, deixando assim a história bem abaixo de seu original, sendo mais objetiva e com menos detalhes. Mesmo assim, Jurassic Park 2 foi um filme muito esperado pelos fãs e conseguiu uma bela bilheteria no mundo todo, além de todo o marketing desenvolvido para a franquia que naquele momento estava muito mais estruturada.

Jurassic Park III (2001):

Jurassic Park 3 foi lançado originalmente em 18 de julho de 2001 nos cinemas. Foi a segunda continuação de Jurassic Park, sendo dirigido por Joe Johnston e produzido por Steven Spielberg, Kathleen Kennedy e Larry J. Franco. foi o primeiro da saga que não foi dirigido por Spielberg. O enredo do filme gira em torno de uma nova visita de Alan Grant aos dinossauros do Jurassic Park. Apesar de ter ficado abalado com seu último encontro com estes dinossauros, Grant continua dedicando sua vida aos estudos paleontológicos e elabora uma teoria sobre o desenvolvimento da inteligência dos velociraptores. Desesperado em busca de fundos para dar prosseguimento à sua pesquisa, aceita a oferta de Paul Kirby e Amanda Kirby, dois supostos milionários que desejam fazer uma excursão aérea na Ilha Sorna, querendo a companhia de Grant nesta excursão. Porém, durante o passeio, Alan descobre a verdadeira intenção dos Kirby, que é descer até a ilha para procurar seu filho Erik, que desapareceu no local em uma expedição ocorrida semanas antes. Apesar da oposição de Grant, eles pousam na ilha e acabam sendo atacados por uma nova espécie de dinossauro, maior e mais feroz que o Tiranossauro, o Espinossauro. Antes da definição do roteiro a ser utilizado em Jurassic Park 3 outros dois roteiros foram descartados pelo diretor Joe Johnston. O primeiro narrava a história de seis adolescentes perdidos na Ilha Sorna, enquanto que o segundo envolvia uma aventura familiar e foi descartado restando apenas 5 semanas para o início das filmagens. Antes de ter o título definido, Jurassic Park 3 poderia ter se chamado: Jurassic Park 3 – The Extinction, Jurassic Park – Breakout e Return to the Island – Jurassic Park 3. É a 204ª maior bilheteria de todos os tempos, com mais de US$368 milhões de dólares arrecadados. Apesar do sucesso, Jurassic park 3 é o mais polêmico filme da franquia até agora, brigas entre atores que terminaram com agressões físicas e criticas ao roteiro do filme estiveram presentes nos bastidores da produção. Com o maior orçamento da franquia até aquela época (US$ 93 milhões), o filme teve a pior receita com somente US$ 368 milhões.

Jurassic World (2015):

Jurassic World foi o filme mais recente lançado até o momento e foi dirigido por Colin Trevorrow . É o quarto filme da franquia Jurassic Park e foi produzido pela Universal Pictures em parceria com a Amblin Entertainment e com a Legendary Pictures. O longa teve seus efeitos especiais feitos pela Industrial Light & Magic (CGI) e pela Legacy FX (animatrônicos). As filmagens do filme ocorreram entre abril e setembro de 2014 em Honolulu, Kauai, Oahu, e Nova Orleans com câmeras 3D,5 e tem seu lançamento marcado para 11 de junho de 2015 no Brasil e em Portugal. A produção ficou por conta de Steven Spielberg, Patrick Crowley, Frank Marshall e Thomas Tull. O roteiro original do filme foi escrito por Rick Jaffa e Amanda Silver. Posteriormente, este roteiro foi reescrito por Colin Trevorrow e Derek Connolly. Inicialmente, o lançamento de Jurassic World era previsto para junho de 2014, mas a data foi adiada em um ano para que, segundo a Universal, “fosse feita a melhor versão possível do quarto filme”. Depois de 22 anos após os acontecimentos de Jurassic Park, na Ilha Nublar, o parque está aberto. Um novo parque de dinossauros realizou o sonho de John Hammond (Richard Attenborough). O lugar é chamado de “Jurassic World” e é administrado pelo bilionário Simon Masrani (Irrfan Khan), dono da empresa Masrani Global, que comprou a InGen após os incidentes envolvendo as ilhas Sorna e Nublar. Durante 10 anos o novo parque foi um sucesso, mas uma queda de público começa a incomodar os acionistas da Masrani. Enquanto o ex-militar Owen Grady (Chris Pratt) conduz uma pesquisa comportamental com os Velociraptors, a equipe de geneticistas do parque liderada pelo Dr. Henry Wu (B.D. Wong) e coordenada pela gerente de operações Claire Dearing (Bryce Dallas Howard) resolve criar uma nova atração, algo que traga de volta o interesse do público. A criação é um dinossauro híbrido que mistura materiais genéticos de diversas espécies e é conhecida como Indominus rex. Depois de um tempo em contenção, o novo dinossauro consegue escapar de seu cercado, e essa fuga, em meio a milhares de visitantes, força a equipe do parque a tomar medidas extremas para evitar um desastre de proporções catastróficas.

Quem nunca pensou em como seria fascinante uma visita ao Parque dos Dinossauros? Como seria sentir a emoção de encontrar esses seres pré-históricos e também de sentir a adrenalina quando algo desse errado? Ouvir a clássica música de John Williams e conhecer personagens cativantes? Bem, tudo isso será possível novamente na próxima quinta-feira, quando Jurassic World – O Reino Ameaçado, quinto filme da franquia, chegar aos cinemas.

Para mais informações sobre a magia de O Parque dos Dinossauros e sobre o próximo lançamento da franquia, siga nossas redes sociais e inscreva-se em nosso Canal no Youtube!

Twitter: @programabang
Instagram: @programabang
http://www.facebook.com/ProgramaBang

Por Moezio Vasconcellos / Equipe Bang

Tags:, , , , , , , , ,

>Link  

Globo de Ouro 2018 | Confira a lista de vencedores
   Canal  Bang  │     8 de janeiro de 2018   │     9:43  │  0

A cerimônia do Globo de Ouro 2018 aconteceu ontem (07), em Los Angeles, nos EUA, com apresentação de Seth Meyers. A Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood (HFPA, na sigla original) promoveu o evento, que escolhe os melhores em categorias dedicadas ao Cinema e TV. Confira, em negrito, a lista dos vencedores abaixo:

TV

Melhor Ator em Série Limitada ou Filme para a TV

Kyle MacLachlan -” Twin Peaks”
Geoffrey Rush – “Genius”
Robert De Niro – “The Wizard of Lies”
Jude Law – “The Young Pope”
Ewan McGregor – “Fargo

Melhor Série Limitada ou Filme para a TV

“Top of The Lake: China Girl”
“Fargo”
“Feud: Bette and Joan”
Big Little Lies
“The Sinner”

Atriz da série Big Little Lies.

Melhor Ator Coadjuvante de TV

Christian Slater – “Mr. Robot”
Alexander Skarsgard – “Big Little Lies
David Harbour – “Stranger Things”
David Thewlis – “Fargo”
Alfred Molina – “Feud: Bette and Joan”

Alexander Skarsgard.

Melhor Atriz em Série Limitada ou Filme para a TV

Nicole KidmanBig Little Lies
Jessica Biel – “The Sinner”
Reese Witherspoon – “Big Little Lies”
Susan Sarandon – “Feud: Bette and Joan”
“Jessica Lange” – “Feud: Bette and Joan”

Nicole Kidman recebendo seu Globo Ouro.

Melhor Série de Comédia ou Musical

“SMILF”
“Black-ish”
“Master of None”
“Will & Grace”
The Marvelous Mrs. Maisel

Melhor Série de Drama

“Stranger Things”
The Handmaid’s Tale
“This is Us”
“Game of Thrones”
“The Crown”

Melhor Atriz de TV – Musical ou Comédia

Pamela Adlon – “Better Things”
Alison Brie – “GLOW”
Rachel Brosnahan – “The Marvelous Mr. Maisel
Issa Rae – “Insecure”
Frankie Shaw – “SMILF”

Rachel Brosnahan exibindo seu prêmio.

Melhor Ator de TV – Musical ou Comédia

Anthony Anderson – “Black-ish”
Kevin Bacon – “I Love Dick”
Aziz Ansari – “Master of None
Eric McCormack – “Will and Grace”
William H. Macy – “Shameless”

Ator Aziz Ansari.

Melhor Atriz Coadjuvante de TV

Laura Dern – “Big Little Lies
Ann Dowd – The Handmaid’s Tale”
Shailene Woodley – “Big Little Lies”
Michelle Pfeiffer – “The Wizard of Lies”
Chrissy Metz – “This is Us”

Atriz Laura Dern.

Melhor Ator de Série de Drama

Liev Schreiber – “Ray Donovan”
Jason Bateman – “Ozark”
Freddie Highmore – “The Good Doctor”
Bob Odenkirk – “Better Call Saul”
‘Sterling K. Brown – “This is Us

Sterling K. Brown e tornou o primeiro ator negro a vencer na categoria Melhor Ator de Série de Drama.

Melhor Atriz de Série de Drama

Caitriona Balfe – “Outlander”
Claire Foy – “The Crown”
Maggie Gyllenhaal – “The Deuce”
Katherine Langford – “13 Reasons Why”
Elizabeth Moss – “The Handmaid’s Tale

Elizabeth Moss fazendo seu discurso após receber seu prêmio.

Cinema

Melhor Animação

“O Poderoso Chefinho”
VivaA Vida é uma Festa
“The Breadwinner”
“Com Amor, Van Gogh”
“O Touro Ferdinando”

Melhor Filme de Drama

“Dunkirk”
“Me Chame Pelo Seu Nome”
“The Post – A Guerra Secreta”
Três Anúncios Para um Crime
“A Forma da Água”

Diretor e elenco do longa “Três Anúncios Para um Crime”.

Melhor Filme de Comédia ou Musical

“The Disaster Artist”
Lady Bird: É Hora de Voar
“O Rei do Show”
“I, Tonya”
“Corra!”

Greta Gerwig, diretora de Lady Bird discursa após seu filme ganhar o Globo de Ouro na categoria Melhor Filme de Comédia ou Musical.

Melhor Filme em Língua Estrangeira

“Uma Mulher Fantástica”
“First They Killed My Father”
In the Fade
“Loveless”
“The Square”

Melhor Ator de Filme de Drama

Daniel Day-Lewis – “Trama Fantasma”
Tom Hanks – “The Post: A Guerra Secreta”
Timothee Chalamet – “Me Chame Pelo Seu Nome”
Denzel Washington – “Roman J. Israel, Esq.”
Gary Oldman – “O Destino de Uma Nação”

Ator Gray Oldman empunhando seu Globo de Ouro.

Melhor Atriz de Filme de Drama

Sally Hawkins – “A Forma da Água”
Jessica Chastain – “A Grande Jogada”
Meryl Streep – “The Post: A Guerra Secreta”
Frances McDormand – “Três Anúncios Para um Crime”
Michelle Williams – “Todo o Dinheiro do Mundo”

Frances McDormand discursando.

Melhor Atriz em Filme de Comédia ou Musical

Judi Dench – “Victoria & Abdul: O Confidente da Rainha”
Helen Mirren – “The Leisure Seeker”
Margot Robbie -” I, Tonya”
Saoirse Ronan – “Lady Bird: É Hora de Voar”
Emma Stone – “A Guerra dos Sexos”

Melhor Ator em Filme de Comédia ou Musical

Daniel Kaluuya – “Corra!”
Ansel Elgort – “Em Ritmo de Fuga”
Steve Carell – “A Guerra dos Sexos”
Hugh Jackman – “O Rei do Show”
James Franco – “The Disaster Artist”

Melhor Ator Coadjuvante em Filme

Willem Dafoe – “Projeto Flórida”
Richard Jenkins – “A Forma da Água”
Sam Rockwell – “Três Anúncios Para um Crime”
Christopher Plummer – “Todo o Dinheiro do Mundo”
Armie Hammer – “Me Chame Pelo Seu Nome”

Ator Sam Rockwell recebendo seu prêmio de Melhor Ator Coadjuvante em Filme.

Melhor Atriz Coadjuvante em Filme

Mary J. Blige – “Mudbound”
Hong Chau – “Pequena Grande Vida”
Alison Janney – “I, Tonya”
Laurie Metcalf – “Lady Bird: É Hora de Voar”
Octavia Spencer – “A Forma da Água”

Alison Janney posando para fotos.

Melhor Diretor em Filme

Martin McDonagh – “Três Anúncios Para um Crime”
Christopher Nolan – “Dunkirk”
Guillermo del Toro – “A Forma da Água”
Steven Spielberg – “The Post – A Guerra Secreta”
Ridley Scott – “Todo o Dinheiro do Mundo”

Cineasta Gillermo del Toro.

Melhor Trilha Sonora de Filme

Carter Burwell – “Três Anúncios Para um Crime”
Alexandre Desplat – “A Forma da Água”
Johnny Greenwood – “Trama Fantasma”
John Williams – “The Post: A Guerra Secreta”
Hans Zimmer – “Dunkirk”

Melhor Canção Original

“Mighty River”, Raphael Saadiq, Mary J. Blige, Taura Stinson – Mudbound
This is Me“, Benj Pasek, Justin Paul  – O Rei do Show
“Remember Me”, Kristen Anderson-Lopez, Robert Lopez – Viva – A Vida é uma Festa
“The Star”, Mariah Carey, Marc Shaiman – A Estrela de Belém
“Home”, Nick Jonas, Justin Tranter, Nick Monson – O Touro Ferdinando

Benj Pasek e Justin Paul.

Melhor Roteiro

The Post: A Guerra Secreta
Três Anúncios Para um Crime
A Grande Jogada
Lady Bird: É Hora de Voar
A Forma da Água

O diretor Martin McDonagh e o elenco do filme.

Siga nossas redes sociais e inscreva-se em nosso Canal no Youtube!

Twitter: @programabang
Instagram: @programabang
http://www.facebook.com/ProgramaBang

Por Jorge Fossati e Priscila Melo / Equipe Bang

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

>Link  

JOHN WILLIAMS – O Maestro do Cinema
   Canal  Bang  │     12 de novembro de 2016   │     16:10  │  0

Você já parou para pensar na importância que a trilha sonora tem em um filme? No Programa BANG de hoje falamos um pouco sobre uma das pessoas mais importantes para o mundo cinematográfico e suas incríveis obras. Prepare a pipoca, o refri, senta no sofá, e embarque conosco nesta homenagem ao Maestro do cinema!

Por Equipe Bang

Tags:

>Link